terça-feira, 26 de abril de 2011

É Cultural ou Constitucional?

É chocante a quantidade de pizzas que se vende em nossa política. Não precisamos de muita pesquisa para chegar a esta conclusão, basta abrir um jornal qualquer num dia qualquer para ver que corrupção, malandragem, pizza e inpunidade fazem parte não apenas de nossa cultura mas também de nossa constituição.


Folha de São Paulo, 26 de Abril de 2011:

1. Assembléia do Paraná é alvo de operação da PF e Procuradoria. Agora, por um rombo fiscal de cerca de 1 milhão de Reais, voltam a investigar os mesmos picaretas que foram acusados no ano passado, numa bomba que acabou em pizza, de desviarem mais de 216 milhões. Adivinhem, os caras continuam lá.

2. Lula dá aval para volta de Delúbio ao PT: O amiguinho e superpoderoso do PT volta a atividade política depois que a história do mensalão “esfriou”. Nosso ex-presidente mega-popular dá a "bença".

3. Governo negocia para evitar atrasos em obras de aeroportos: Governo muda a atuação do TCU (Tribunal de Contas da União) na fiscalização das obras da copa e olimpíadas para evitar atrasos (e facilitar desvios e super-faturamentos?).

4. ONU acusa Brasil de desalojar pessoas por Copa e Olimpíada: autoridades de várias cidades-sede da Copa do Mundo e do Rio, que receberá a Olimpíada, andam praticando desalojamentos e deslocamentos forçados que poderiam constituir violações dos direitos humanos. Como uma ação populista acaba rapidamente virando contra o povo, não é? Essa vai acabar em pizza, festa, cerveja, mulher bonita e futebol.

5. Capiberibe pede liminar para ser empossado senador pelo Amapá: Mais um ficha suja voltando a ativa. Esse aí foi fichado por comprar votos!

Minha dúvida se o problema é cultural ou constitucional vem exatamente da história da lei da ficha limpa. A pouco mais de um mês, nosso tribunal supremo resolveu devolver às suas tetas dezenas de picaretas fichas-suja pois julgaram inconstitucional a aplicação da lei conhecida como “Fixa Limpa” às eleições de 2010. Tal decisão, elogiada pela grande mídia como sendo “um trunfo da democracia”, um sinal de dignidade e respeito à lei máxima Brasileira (a Constituição), empurrou por mais vários anos a pequena limpeza ética que esta lei permitiria. Dizem que, "tudo bem", que ela vai valer para 2012, quando teremos eleição para (HAHA!) prefeitos e vereadores, mas deram de presente mais vários anos de tetas e mutretas aos picaretas profissionais do Senado, Câmeras Federal e Estaduais e Governos de Estado. Tuda alta cúpula da picaretagem profissional.

Não sou jurista nem advogado, mas acho muito errado que 6 entre 5 de nossos “supremos juizes” valorizem mais o artigo 16 de nossa constituição, o qual foi pomposamente usado para justificar tal decisão, do que o artigo 1º, que fala sobre “dignidade da pessoa humana”, o artigo 5º, que fala da igualdade de direitos, o artigo 6º, sobre os direitos a educação de qualidade, saúde, alimentação, trabalho, moradia, eteceteras e muitos outros, artigos estes pisoteados e ignorados pelos mesmos picaretas safados que esta decisão acabou beneficiando por mais quatro ou seis anos.

Na boa, faça as contas, dos 513 deputados federais e 81 Senadores em exercício, 155 respondem por processos na justiça. Isto é como se 1/4 da população tivesse a ficha suja. Pense agora em quantas pessoas você conhece e imagine se uma em cada quatro fosse picareta? Tem coisa errada em Brasilia, certo?

Será que para ser Juiz tem que, além de saber interpretar a constituição, passar em concursos dificílimos, ter QI (Quem Indique) e tudo mais, tem que ser também inconsequente e cagar mole para toda a roubalheira e picaretagem pública? Para mim essa regra explica perfeitamente as notícias que vemos todos os dias em nossos jornais.

7 comentários:

  1. É aquilo que sempre falo em casa qdo assistimos o jornal... esse governo é formado por um bando de fdp, aquilo tudo é um circo. Deveríamos pedir para os EUA ao invés de soltar bombas em cima da residência de Omar Khadafi vir até Brasilia e saltar uma bem no meio da assembléia.

    ResponderExcluir
  2. por favor, anônimo, sem mais intervencionismos americanos por aqui... o problema do Brasil é o problema latino americano geral. e pra mudar, precisamos de mais rabugentos como vc, Nich. Eu estou me tornando uma. Não tem como mudar se o cidadão comum - que teoricamente seria a parte mais interessada numa política mais eficiente - nao se interessa.

    estamos todos perdidos. vamos pra sempre ser os rabugentos isolados, chatos, malas... enquanto o povo se esbalda com pizza e circo.

    triste, viu.

    mas parabens pelo texto. não se canse jamais de reclamar.

    ResponderExcluir
  3. o problema do brasil eh o mesmo de todos os outros paises: seu proprio povo.
    politico existe pra representar a vontade do povo,como rezam os preceitos da democracia. se o governo rouba, rouba e rouba denovo e o povo fica em casa assitindo novela, vendo o futebol e trocando figurinha na varanda sem nehum proposito maior que o da mera distraçao, entao o governo ta mesmo fazneod a vontade do povo, porque quem cala consente nao eh assim? esse 500 e tantos picaretas recebm um salario que em si ja eh pra la de arbitrario. o teto salarial maximo de uma naçao deveria ser o presidencial. o presindente aqui ganha 11 mil ou coisa assim, os senadores e deputados custam, fora os beneficios incontaveis que nem sabemos quantos sao, cada um ao pais, entre 23 a 24 mil reais ao mes. faça as contas! faça essa conta pelo menos. pra exercer um cargo de ambrangencia acional, e que sabmeos todos aqui, nao exercer sequer um decimo das funçoes a eset cargo atribuidas e que deveriam ser diariamente exigidas desse "politico profissional".
    se eu na minha finçao la fora, na vida real, sou contratada pra um cargo e nao dou conta dele, paaso o dia no telfone achando um jeito de trabalhar sem se mexer, e ganhar mais do que debia receber, vou pra rua.! porque nao existe lei que plonha na rua um politico como esse? kade a legislaçao que legisla a favor da sociedade, e nao de seus governantes? nossa consitutiçao nao eh respeitada e nem eh aprorpiada. nossos codigos civis e penais estao absolutamente desatualizados e uma palhaçada passar cinco anos estudando direito hj em dia, ja que o principio do direito eh o de evoluir com a sociedade para poder servila, e sair la fora com um diploma formado em meios de como fazer para tapea-la, ja que com as leis vigentes nos gtempos atuais tudo se permite tudo se proibe, depende da grana e da vontade hierarquica de quem ta por tras de qualquer açao judiciaria.
    se nao podemos votar nossos proprios salarios, como damos a essa corja o direito de votar os deles???? pensem gente. voce vai numa empresa e chega la sem curriculo, com ficha policial, atestado de sem verginhice e um historico vasto de corrupcoes trqapaças e malfeitios e diz pro presidente dessa empresa qual cargo vai ocupar e quanto por ele vai ganhar.
    voce cidadao de voto ai, pode fazer isso tambem?? sai da cadeia e consegue um trampo que te pague de acordo com suas vontades??? e de axcordo com as suas necessidades, consegue???
    temos um pais imenso nas nossas maos. dificil organizar? sim. dificil governar? sim. dificil legislar e enocntrar soluçoes que valham para todo o territorio nacional, considerando toda a imensidao de diferenças geograficas, sociais, culturias, de sobrevivencia, de necessidades, de carencias, de ordens nasturais ambientais e humanas?? sim. dificilimo.
    mas e reclamar eh dificl? nada mais facil que abir a boca pra falar alguma coisa. kade a voz do povo brasileiro que deveria estar regendo essa joça????
    o preço do combustivel! temos uma das piores gasolinas do mundo e pagamos mais por ela que a europa que tem que importar combustivel. somos autosuficientes em petroleo e um dos maiores produtores de biocombiustivel do mundo. kade as vantagens que o povo brasileiro deveria ter desse feito nacional e dos milhoes investido anualmente no crescimento da petrobras, na exploraçao do pre-sal, etc.
    abro brecha nesse bla bla bla todo pra excluir da picaretagem nacional pelo menos um, de quem sou fã de carteirinha, o cristovao buarque.
    deveriamos mesmo estar la fora agora pressionando pra que seu projeto de lei que visa tornar obrigatorio aos filhos de politicos estudarem em escola publica!!! soh assim essa corja faria algum bem a sociedade: disfaraçando pra não parecer mais um bem a si mesmos.

    ResponderExcluir
  4. ...o preço do transporte publico. um absurdo. aqui nesse pais era imprescindivel termos um sitema de isençao de passagens para estudantes, de passes diarios e mensias para todos os transeuntes desafortunados que pagam hj um desconjuro de dinehiro pra transitar nos sitemas viariso horrorosos de que dispomos. nada mais justo que pelo menso paguem barato por ele!
    eu que pessoalmente moro aqui em curutiba, na epoca do aumento, vi uns 20 gato miado, estudante do colehguio estadual do parana, faznedo uma passeata pelo centro, quase com verginha de estarem reclamando uma obviedade, estando num numero tao pequeno se sentido acuados pelos olhares reprovadores da sociedade que nao tem a menor ideia do quanto pode fazer pra se proteger a si mesma.
    nao posso deixar de comentar sobre a copa ( bendita ou maldita copa???), com a qual o governo esta gasntando trilhoes e trilhjoes. o ue pretendem fazer, maquear o pais? o que vaoi fazer com tiete, varrer pra debaixo do asfalto?? e no rio, jogar perfume na bai de guanabara???
    e as violaçoes acima comentadas em relqaçao as desapropriacçoes ilegais vao muiot alem do que o texto ali fala. nao eh soh direitos humanaos que estao sendo desrespeitados lai nao. eh consitucional, civil e penal. muita coisa envolvida nessa empreitada. muito mais mico metido nesse buraco.
    a culpa nao eh dos politico nao minha gente. a culpa e do pais inteiro, dos milhoes de cidados brasileiros que assitem jornal no intervalo das novelas, que compram os jornais pra ler o caderno de esportes ou procurar emprego nos classificados. se todo dia todo muhndo que abre um jronal e le uma notica dessa abre a boca pra rteclamar junto com todas as putras que abriram as bocas na mesma hora com todo o resto junto, imaginem o barulho que se faz nessa naçao?!
    eh tudo uma questao de organizaçao sozial local, regional, estatal, nacional. mas tudo começa na porta de casa. na obra que nunca termina e atrapalha o teu camimnho matinal. no buraco da rua que voce passou por cima num dia de chuva e acaboou com a roda. no onibus que voce pega e e ta pagando caro pra pegar. na creche que voe nao tem pra poder sair pra trabalhar. no cara que voce votou e esqueceu o onome pra poder cobrar. sabe, os vereadores estao por ai na sua cidade, te escritorio e sao obrtigados a receber o publico. tem que ir la, reclamar, tem ligar, tem que se organizar, com o pessoal do bairro, com om pessoal da rua, assim como fazmeos em uma emrpesa, assim como fazem os sindicatos. temos que fazer sindicatos populare. temos que exigir que decisoes como as do aukmento do salrio no senado sejam obrigatoriamesnte feitas por plebiscito. a nossa voa eh que tem que vale. somos nos os contratanets, nao os contratados a nivel de naçao. nos pagamos os salrios deles com os nosso prorpio. temos que fazer valer o nosso dinueiro. nao podemos deixar no cargo um gerente mal intencionado, ladrao, comprovadamnete descarado.
    deixo aqui meus elogios ao blog e ao blogueiro, e nao pude deixar de lembrar de uma musica que ouvi em um dos episodis do desenho que meu filho de dois anos assite, os backyardingans, que diz assim:" como eh bom conhecer alguem, tao rabugento quanto eu.."
    um abraço forte.e o caso aqui eh, que, assim como em todos os outros paises do mundo,e portanto o caso eh que me todo o mundo, tudo eh muito mais revoltante do que podemos imaginar, todos juntos.

    ResponderExcluir
  5. my apologies pelos erros de protugues e digitaçao.

    ResponderExcluir
  6. No te preocupes com os erros de português e digitação. Tenho o mesmo problema na conexão entre meu mal humor e meu teclado. Quanto mais natural é o fluxo de sentimentos maior é a dificuldade na coordenação motora :)
    Vem cá... se eu precisar de um backup aqui nas rabujadas, como te encontro?

    ResponderExcluir